Diabetes na gestação – Tratamento e Sintomas da diabetes na gestação.

DIABETES NA GESTAÇÃO, NÃO DEIXE ESSA DOENÇA DE HERANÇA.

“A natureza nos dá todos os remédios, e é por meio
da alimentação que podemos nos curar.”

– Dr. Rocha – Endocrinologista (CRM-CE 8561)

.

A diabete na gestação, ou diabetes gestacional, é uma doença metabólica caracterizada pelo aumento anormal de glicose no sangue durante a gravidez. Esta doença costuma aparecer no quarto mês de gravidez e quando se manifesta, eleva a pressão arterial da mulher, aumentando o risco de parto prematuro.  

Os bebês costumam nascer com mais de 4 kg, o que dificulta o parto normal. Certamente esses bebês serão adultos obesos e, consequentemente, e terão um risco cinco vezes maior de ter diabete na vida adulta!

Além de todos os riscos durante a gravidez, metade das mulheres com diabete gestacional volta a apresentar o quadro em até cinco anos após o parto. Mas, de 20% a 50% das grávidas que sofreram Diabetes na gestação tendem a desenvolver Diabetes tipo 2 no decurso da vida pós-parto, segundo o diretor-geral da Fundação Mundial de Diabetes (WDF), Anil Kapur.

 

Gravidez X Diabetes

Qualquer mulher pode desenvolver diabetes na gestação, mas algumas mulheres estão em maior risco. Fatores de risco para o diabetes gestacional são:

  • Idade superior a 25 anos
  • Histórico familiar de diabetes
  • Diabetes gestacional anterior
  • Bebês de gestações anteriores que nasceram com mais de 4 kg
  • Gestações anteriores com bebê natimorto inexplicável
  • Tolerância à glicose diminuída ou glicemia de jejum alterada (níveis de açúcar no sangue altos, mas não o suficiente para ser diabetes)
  • Aumento do líquido amniótico (uma condição chamada de polidrâmnio)
  • Excesso de peso antes da gravidez
  • Ganho excessivo de peso na gravidez

 

Além disso, podem ocorrer riscos fetais e/ou neonatais que englobam anomalias congênitas, má formação cardíaca, prejuízos ao sistema nervoso central e aos músculos esqueléticos.

A prática regular de exercício físico é também uma alternativa de remédio natural para diabetes, pois o exercício estimula a produção de insulina e aumenta a captação de glicose no sangue pelas células do organismo. Exercícios físicos e dieta equilibrada previnem 80% dos casos de diabetes tipo 2. Sendo assim, a gravida deve praticar exercícios leves com orientação médica, mas principalmente focar na alimentação!

diabetes na gestação

 

A Diabetes Mellitus Gestacional Como acontece?

Tem diabetes e dificuldade de emagrecer? Pra que se sacrificar com remédios e dietas rigorosas? Pra quê fazer controle de diabetes 5 vezes por dia? Acabe com o fantasma da diabetes gestacional.

Durante a gravidez a produção de hormônios materna sofre adaptações para possibilitar o crescimento do bebê. A placenta, que liga o seu bebê para seu suprimento de sangue, produz altos níveis de vários hormônios. Quase todos eles prejudicam a ação da insulina nas células, aumentando o nível de açúcar no sangue. Dessa forma, uma elevação modesta de açúcar no sangue após as refeições é normal durante a gravidez.

Conforme seu bebê cresce, a placenta produz mais e mais hormônios que atuam no bloqueio de insulina. No diabetes gestacional, os hormônios placentários provocam um aumento do açúcar no sangue em um nível que pode afetar o crescimento e o bem-estar do bebê. O diabetes gestacional geralmente se desenvolve durante a segunda metade da gravidez.

Esta Diabetes, apesar de temporária pode ocasionar prejuízos à saúde do bebê e da mãe, caso não seja bem cuidada. Entre os problemas surgidos por consequência da Diabetes Gestacional, estão a macrossomia fetal – que se caracteriza por causar peso excessivo do bebê ao nascer, problemas cardíacos, entre outros.

Quando o organismo não dá conta de equilibrar este processo, nos casos de Diabetes Mellitus Gestacional, os hormônios da placenta continuam a inibir a produção de insulina causando um aumento da glicose no sangue. A insulina é responsável por facilitar a entrada da glicose nas células, sem ela, a glicose se acumula no sangue, ficando as células carentes de glicose.

 

Sintomas

O pré-natal é muito importante para o diagnóstico da Diabetes Mellitus Gestacional, pois somente exames periódicos no decorrer da gravidez podem detectar a patologia, que geralmente é assintomática.

Vale observar com cuidado o surgimento de aumento excessivo da micção, da sede e da fome, que podem ser sintomas de Diabetes. Porém, nem sempre estes sintomas expressam desenvolvimento da doença, já que são manifestações próprias de mulheres em período de gravidez. Para saber mais sobre o assunto clique aqui.

No entanto, a própria gravidez causa essas sensações na maioria das mulheres, então isso nem sempre significa que a mulher tem diabetes. Converse com o médico se você tem esses sintomas e não deixe de fazer os exames pré-natais.

 

 

Cuidados

 

Quando é diagnosticada a Diabetes Mellitus Gestacional novos e maiores cuidados devem ser tomados. Diante dos riscos a que estão sujeitos mãe e filho é importante aumentar a atenção.

Veja o vídeo a seguir para entender a diabetes na gestação. É importante se informar!

Patrocínio:
Diabetes Melito Gestacional, causas sintomas e tratamento

 

 

Alguns pontos muito importantes são:

Fazer exames periódicos para investigar a situação glicêmica principalmente a partir da 24ª semana – 6º mês de gravidez.

  • Um exame essencial neste período é o teste oral de tolerância à glicose, que vai elucidar a situação da glicose em jejum e o nível de glicemia após a ingestão de glicose.
  • As grávidas com idade mais avançada estão dentro do grupo de risco
  • Ganho de peso excessivo, sobrepeso e obesidade durante a gravidez aumentam a probabilidade de desenvolvimento da doença,por isso , cuide-se. Mantenha uma dieta saudável e equilibrada.
  • Grávidas com histórico de ovário policístico, hipertensão arterial, gravidez de gêmeos, casos de Diabetes na família, precisam ter mais cautela, pois estão mais propensas ao desenvolvimento da doença.
  • O uso da insulina durante a gravidez, orientado pelo médico, é seguro. Seu uso, muitas vezes necessário, normaliza a glicose da mãe, mantendo a glicemia nos níveis adequados.
  • A Diabetes na gestação requer cuidados, mas é perfeitamente tratável e não acarreta consequências quando diagnosticada em tempo e devidamente tratada. Na maior parte dos casos nascem bebês saudáveis.

 

Saber que é possível mudar de vida é o primeiro passo.
O segundo passo e aderir e ter disciplina.
Atualmente cada vez mais pessoas trocam os remédios por uma alimentação saudável. Durante minha faculdade entrevistei pessoas que se curaram por métodos naturais.

.

Depoimentos

Veja alguns depoimentos de quem se curou mudando a alimentação:

Depoimento Nailza – Sofreu a perda de um filho por causa da diabetes.

Crer, é viver – Dá um sentido à vida…
Crer ou não crer é sempre uma escolha.

Depoimento Cristiane

“Oi meninas, me chamo Cristiane e tenho 34 anos. Descrobri que tinha diabetes com 28 semanas de gestação e foi uma barra. Tive que fazer uma dieta super rigorosa, cortar doces, controlar tudinho! quase passei a comer só verduras e legumes, super sem prazer na hora do almoço! Pior ainda foram as agulhadas, 4 vezes ao dia medindo a glicose e tomando insulina 2 vezes por dia… Foi uma gravidez de risco.. Quando estavamos quase nos desesperando com as tantas vezes que eu tinha que ir para o hospital ficar internada, meu marido soube que a prima dele tinha encontrado um guia online que ensinava a controlar a diabetes de forma natural!

Olha gente, no começo eu fiquei desconfiada, porque a gente não tem costume de internet… mas quando visitamos a prima dela, ela estava ótima, e olha que ela também tinha uma gravidez de risco… Ela melhorou completamente com a alimentação controlada que ela aprendeu, e falou que em apenas 30 dias!

Aí nós nao tinhamos outra opção a não ser testar… e DEU CERTO!! tudo ocorreu bem dali pra frente, e minha princesinha nasceu saudável e SEM DIABETES!

Gente, olha, pesquisem bastante e confiem que dá certo!!!! Pesquisem mesmo, porque tem muitos relatos de pessoas que venceram a diabetes com isso! Foi assim que eu ganhei confiança e com fé eu consegui manter a saúde estável!!”

 

Depoimento Jordana – Incrível!

http://diabetescontrolada.ga/depoimentos-diabetes-controlada/

.

Os pesquisadores e médicos brasileiros já encontraram soluções naturais para o controle de diabetes, porém a indústria farmacêutica, visando lucro, escondeu as informações durante décadas. Hoje, com a internet, a informação é de fácil acesso! O conhecimento está disponível, basta acessa-lo e se cuidar! Veja como a seguir:

 

Programa de Controle da Diabetes

Tratando de forma natural!

banner-7-jpgSe você deseja CURAR a diabetes, leia abaixo:

No programa diabetes controlada você aprende a controlar a diabetes completamente, em apenas 30 dias, com alimentação natural e sem sofrer efeitos colaterais. Acabe com risco de eclâmpsia, aborto, amputações, cegueira, e outras mazelas que a diabetes causa.

.

Clicando aqui você receberá diversos bônus, como vídeo-aulas exclusivas, e outros.

clicando aqui  você obtém informações sobre como a diabetes de forma fácil e natural.

Se você seguir essas informações corretamente, é possível reverter a diabetes na gestação em 30 dias, de forma natural, sem tomar remédios e sem sofrer efeitos colaterais.

Clique aqui: Eu quero meu bebê saudável!

.pedro_prematuro2

programa-diabetes-controlada

Programa aprovado pela:

images (4)

socied-diabetes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *